Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Adilson Ramos: um carioca apaixonado pelo Recife
15/07/2020 16:46 em Palco Pernambuco

Ele não é pernambucano, mas é como se fosse. Conheceu o Recife quando veio fazer seu primeiro show e se apaixonou pela cidade. E  foi tão grande a paixão que veio morar definitivamente na capital de Pernambuco em 1982, depois de se tornar um artista consagrado em todo o Brasil com musicas como “Sonhar Contigo”, “Olga”, “Fim de festa”, “Leda”, “Só liguei porque te amo”  “A chuva me lembrou você”, “Duas flores”, “Solidão”, e  tantas outras.

Adilson Ramos de Ataíde nasceu no Rio de Janeiro em 1945 para ser o cantor e compositor Adilson Ramos. O gosto pela musica começou aos 9 anos de idade, quando ganhou do pai uma sanfoninha. Ainda menino,  participou de um concurso de calouros num parque de diversões de um subúrbio carioca.  Ganhou em primeiro lugar. Na platéia estava um  produtor de televisão que o levou para uma apresentação no programa “Clube do Guri”, da extinta TV-Tupi.  Ficou contratado da Emissora por dois anos. Participou em seguida de um grupo chamado “Os Cometas” e em 1960 iniciou sua carreira solo, quando gravou a musica “Sonhar Contigo”, que ainda hoje é cantada em todo o Brasil.

Em 1963, Adilson veio pela primeira vez ao Recife para fazer uma  série de programas na TV Jornal do Commercio. Apaixonou-se pelo público pernambucano, que já era apaixonado por ele. Em 1966 Adilson se casou e foi, aos poucos, abandonando a carreira artística. Passou a ser empresário no ramo de móveis domésticos. Depois de um show que teve que fazer meio forçado numa cidade do Rio, Adilson passou a conciliar a atividade artística com a de empresário, até que em 1982 veio fazer um show para um político pernambucano. Daí prá frente não teve mais sossego. Passava metade do mês no Rio de Janeiro  e a outra metade no Nordeste. Em 1982 veio morar no Recife, abandonando a fábrica de moveis e passando a ser dono de uma padaria no bairro de Boa Viagem. 

A música de Adilson mexe com os corações dos que já passaram dos 60. Muita gente guarda, com carinho, o DVD que ele gravou no Classic Hall para comemorar os seus 45 anos de sucessos, com a participação de Agnalo Timóteo, Elymar Santos e seu filho, Cristian Ramos.  Simpático com o publico, Adilson Ramos  nunca deixou de lotar as platéias por onde se apresenta. Entre as emoções que a carreira lhe proporcionou cita uma vivida em París, quando passeava com a família e avistou um carro tocando “Sonhar Contigo”, a música que é a sua maior criação.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!